@PatuemFoco

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Provas de cinco cargos do concurso para a Prefeitura de Juazeiro do Norte são anuladas, no Ceará

Promotores do Ministério Público do Ceará, juntamente com o coordenador do certame, informam aos candidatos sobre a anulação das provas de cinco cargos — Foto: Lorena Tavares

As provas de cinco cargos do concurso para a Prefeitura de Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, foram anuladas, na manhã deste domingo (26). A decisão foi tomada pelo Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede), responsável pelo certame, após atraso e tumulto em um dos locais do exame.

Os cargos afetados por conta da demora na abertura dos portões foram de enfermeiro ESF, engenheiro ambiental, engenheiro elétrico. Também houve o cancelamento das provas para os cargos de contador e educador físico, após o lacre de um dos pacotes de prova ser violado antes do início do teste.

Na manhã deste domingo, os portões do campus Pimenta I, da Universidade Regional do Cariri (URCA), foram abertos às 8h20, mais de uma hora de atraso em relação ao previsto no edital. A situação gerou revolta e tumulto entre os candidatos.

Com isso, a aplicação do exame também atrasou. Enquanto em outros locais o teste era aplicado às 8h, conforme o edital, na URCA o início só foi possível às 9h. Revoltados com a situação, vários candidatos abandonaram o local de prova com os exames nas mãos. No entanto, eles relataram que os lacres já vieram abertos e que o certame estava fraudado.

Mais de mil candidatos se dirigiram para a Delegacia Regional de Crato para registrar boletim de ocorrência contra a organizadora, pedindo o cancelamento do certame, segundo o delegado plantonista, Tenório Brito.

Anulação

O coordenador do concurso da Prefeitura de Juazeiro do Norte, Maurício José Sobreira Dantas, informou que as provas dos cargos de enfermeiro ESF, engenheiro ambiental e engenheiro elétrico seriam feitas no local do atraso, portanto seriam canceladas.

Já os candidatos que fariam as provas para contador e educador físico também foram dispensados depois de um dos pacotes de prova ser violado antes do início do certame. O teste seria aplicado em outro lugar.

"Por conta disso, nós resolvemos tomar a atitude de anular as provas desses cinco cargos, em todas as unidades que foram aplicadas, para não prejudicar nenhum candidato", afirmou Maurício José Sobreira. Ele ressaltou que não houve fraude e nem vazamento do certame.

Disse ainda que a previsão para a nova aplicação das provas para os cinco cargos está prevista para ocorrer no dia 9 de junho, junto a outros exames. Os demais candidatos que realizaram prova nesta manhã para outras vagas não serão afetados.

"Hoje pela manhã nós fizemos concurso para 51 cargos diferentes. Somente os candidatos que fizeram prova para esses cinco cargos serão afetados, os demais não", enfatizou o coordenador.

Provas mantidas

As provas previstas para ocorre na tarde deste domingo estão mantidas, conforme informou Maurício José. A exceção é apenas para os exames dos cinco cargos anulados.

"As provas serão mantidas e todos os locais estarão prontos para receber os candidatos, inclusive a URCA", ressaltou.

*G1 CE — Ceará / Via Nosso Paraná RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!

Prezado Amigo Web-Leitor, não publicarei comentários anônimos e, também, não aceito nenhum tipo de ofensas morais que possam vir a denigrir a imagem de alguém e não me responsabilizo por comentários que alguém possa vir fazer.
Pois, antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato !!!

Cordiais saudações,

CLAUDISMAR DANTAS -
(Editor - Blog PATU EM FOCO).