@PatuemFoco

sábado, 26 de janeiro de 2019

São Paulo leva susto, mas vence o Vasco nos pênaltis e conquista o título da Copinha 2019


O São Paulo é o campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019. Depois de estar vencendo por 2 a 0 até aos 29 minutos do segundo tempo, o Tricolor levou um susto ao sofrer o empate no tempo normal, mas venceu o Vasco nos pênaltis por 3 a 1, nesta sexta-feira à tarde, no Pacaembu. O goleiro Thiago Couto brilhou com duas cobranças defendidas. É o quarto título do clube na competição sub-20 mais tradicional do país.


Tempo normal
Foi um grande jogo. O São Paulo chegou a estar com a mão na taça, com a torcida gritando “olé” logo depois que Antony fez o segundo gol – Gabriel Novaes abriu o placar na etapa inicial. Em meio a um temporal no Pacaembu, o Vasco mostrou que estava vivo. Mesmo depois de perder três chances claras, o time teve fôlego e muita determinação para evitar a derrota. Lucas Santos, em linda cobrança de falta, e Tiago Reis deixaram tudo igual novamente.

Os pênaltis
Ed Carlos, Morato e Tuta marcaram para o São Paulo. Marcos Júnior chutou para fora. No Vasco, Lucas Santos fez o primeiro, mas Thiago Couto pegou as batidas de Tiago Reis e Riquelme. Gabriel Norões bateu no travessão.

Primeiro tempo: São Paulo domina
O São Paulo foi melhor do que o Vasco na primeira parte da decisão da Copinha. O Tricolor mostrou mais força ofensiva e quase abriu o placar aos 16 minutos. Artilheiro do torneio, Gabriel Novaes arrancou, deixou dois adversários para trás e bateu com muito perigo. O centroavante não perdeu a segunda oportunidade, aos 38. Antony cruzou com precisão para o grandalhão desviar de cabeça e fazer o décimo gol dele. No início da jogada, porém, Wellington cometeu falta em João Pedro, mas o árbitro não marcou. O Vasco não respondeu. Lucas Santos e João Pedro, destaques da equipe, foram bem marcados. O artilheiro Tiago Reis praticamente não foi acionado.

Segundo tempo: reação vascaína
Os times voltaram do intervalo com um temporal no Pacaembu. E o São Paulo tirou proveito. Aos sete minutos, Antony foi lançado em velocidade, cortou o marcador e ampliou a vantagem. O Vasco, então, se lançou ao ataque e criou três ótimas oportunidades que poderiam até ter virado o jogo. Linnick, Caio Lopes e Tiago Reis desperdiçaram na cara do goleiro Thiago Couto. Sem seus principais jogadores de ataque, todos substituídos, o São Paulo foi encurralado. O Cruz-Maltino conseguiu descontar aos 30, com linda cobrança de falta de Lucas Santos, e aumentou a pressão. O empate saiu aos 38. Após cruzamento, a defesa parou, e Tiago Reis levou a decisão para os pênaltis.

Globo Esporte / Via BLOG EUGÊNIO FREITAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!

Prezado Amigo Web-Leitor, não publicarei comentários anônimos e, também, não aceito nenhum tipo de ofensas morais que possam vir a denigrir a imagem de alguém e não me responsabilizo por comentários que alguém possa vir fazer.
Pois, antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato !!!

Cordiais saudações,

CLAUDISMAR DANTAS -
(Editor - Blog PATU EM FOCO).