@PatuemFoco

sábado, 20 de maio de 2017

EX-PREFEITA DE CIDADE PAULISTA É PRESA ACUSADA DE CHEFIAR ESQUEMA QUE DESVIOU R$ 45 MILHÕES DA PREFEITURA

A ex-prefeita de Ribeirão Preto (SP), Dárcy Vera, chegou por volta das 13h10 à Cadeia de Franca (SP). Ela foi presa nesta sexta-feira (19) pela Polícia Federal, após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) revogar a liminar que a mantinha em liberdade desde dezembro de 2016.
 
 
 
 
 
Dárcy Vera é acusada de chefiar um esquema que desviou R$ 45 milhões dos cofres públicos de Ribeirão Preto. As irregularidades foram apontadas em setembro, após a Operação Sevandija ser deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, e pela PF. Segundo o ex-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Wagner Rodrigues, delator no caso, Dárcy recebeu R$ 7 milhões em propina.
 
 
 
 
A advogada de Dárcy Vera, Maria Cláudia Seixas, vai recorrer da decisão no Supremo Tribunal Federal (STF).

 

 
A ex-chefe do Executivo e mais quatro réus da Operação Sevandija foram presos por volta das 6h desta sexta-feira. Acompanhada da advogada, Dárcy foi colocada em uma viatura e levada à sede da PF. Na sequência, ela e os demais investigados foram levados ao Instituto Médico Legal (IML).
 
 
 
 
Por quatro votos a um, os ministros da 6ª Turma do STJ decidiram restabelecer a prisão preventiva da ex-prefeita, o que significa que ela deverá permanecer presa até o julgamento do caso. Ela é acusada de chefiar um esquema que desviou R$ 45 milhões dos cofres públicos, dos quais R$ 7 milhões foram pagos a ela em forma de propina.
 
 
 
 
Em seu relatório, o ministro Rogério Schietti Cruz defendeu que a prisão de Dárcy é necessária para preservação de bens que possam ser usados para ressarcimento dos cofres públicos, para evitar que ela continue exercendo poder e influência, mesmo não estando mais à frente do governo municipal. Cruz considerou a alegação do Tribunal de Justiça de que sem a chefe do Executivo no comando do esquema, o objetivo ilícito não seria alcançado, e o fato de o acesso às tecnologias facilitar movimentações financeiras a respeito de ativos que se busca identificar e resgatar.
 
 
Fonte: G1 - Foto: Igor do Vale.

Blog Paulinho Barra Pesada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!

Prezado Amigo Web-Leitor, não publicarei comentários anônimos e, também, não aceito nenhum tipo de ofensas morais que possam vir a denigrir a imagem de alguém e não me responsabilizo por comentários que alguém possa vir fazer.
Pois, antes de fazer o seu comentário, se identifique e se responsabilize.

Desde já fico grato !!!

Cordiais saudações,

CLAUDISMAR DANTAS -
(Editor - Blog PATU EM FOCO).